Terça-feira - Manaus - 18 de setembro de 2018 - 23:12

MANAUS-AM

Custo da construção civil no Amazonas tem leve queda em agosto, aponta IBGE

Por outro lado, houve aumento para 1,32% no acumulado do ano

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 11 de setembro - 07:57

Tradicionalmente o mês de agosto faz parte da alta na construção

Foto: Divulgação

O Índice da Construção Civil (Sinapi), calculado pelo IBGE, apresentou variação de 0,40% em agosto. O número é 0,01% abaixo em relação a julho (0,41%), mas acima da média naciondal, de 0,36%. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No acumulado do ano (janeiro a abril de 2018) houve aumento para 1,32%. Já nos últimos 12 meses, o indice foi de 1,74%. A variação de do mês, traz um acréscimo quase igual ao mês anterior (0,41) e eleva o acumulado.

"Os valores dos acumulados do ano e dos últimos 12 meses para o Estado do Amazonas são significativamente menores do que os valores para o Brasil. Isso significa que a evolução dos preços da construção civil no Brasil de um ano para outro foi maior do que para o Amazonas. Tradicionalmente o mês de agosto faz parte da alta na construção, influenciada principalmene pelo verão amazônico, época que em que a menor quantidade de chuvas proporciona mais obras", informou o IBGE no Amazonas.

No país, o custo nacional da construção por metro quadrado, que em julho estava em R$ 1.095,09, passou para R$ 1.099,01 em agosto, sendo R$ 566,91 relativos aos materiais e R$ 532,10 à mão de obra. Já no Amazonas, o custo do metro quadrado em agosto ficou em R$ 1044,64.

Altas

Com taxas positivas tanto na parcela dos materiais como na mão de obra, São Paulo e Rondônia foram os estados que apresentaram as maiores variações mensais, ambos com 0,85%.