Quinta-feira - Manaus - 5 de dezembro de 2019 - 19:27

DIVERSÃO

63° Festival Folclórico do Amazonas inicia nesta sexta-feira no anfiteatro da Ponta Negra

Este é o terceiro ano que o festival será realizado em um dos principais cartões postais da cidade de Manaus. Além das apresentações dos grupos folclóricos, o festival também contará com a feira gastronômica comandada pelo ‘Rota dos Chefs’.

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 5 de agosto - 14:16

Ao todo, 66 grupos de danças, representados por suas respectivas ligas ou associações contemplados por meio de edital, participarão desta edição do festival

Foto: Divulgação

A quatro dias para a estreia do mais tradicional festival folclórico de Manaus, os 69 grupos folclóricos das categorias Bronze, Prata e Bumbás Ouro Master estão com os preparativos a todo vapor para as apresentações no 63º Festival Folclórico do Amazonas, promovido pela Prefeitura de Manaus, e que acontecerá no anfiteatro do Complexo Turístico da Praia da Ponta Negra, Zona Oeste, do dia 9 a 20 de agosto.

Este é o terceiro ano que o festival será realizado em um dos principais cartões postais da cidade de Manaus. Além das apresentações dos grupos folclóricos, o festival também contará com a feira gastronômica comandada pelo ‘Rota dos Chefs’.

Ao todo, 66 grupos de danças, representados por suas respectivas ligas ou associações contemplados por meio de edital, participarão desta edição do festival, sendo 48 da categoria Prata e 18 da categoria Bronze. Além deles, os bois-bumbás Galante, Garanhão e Corre Campo também integram a programação.  

Entre as novidades este ano, atendendo a um pedido dos grupos folclóricos, o tradicional tablado para apresentações ganha novas dimensões, 17 x 20 m, com o objetivo de melhorar as performances das danças.

Atrações

Quadrilhas, cirandas, cacetinho, tribos, boi, danças nacionais, internacionais e nordestinas serão apresentadas pelos grupos na disputa de suas respectivas categorias. Neste ano, o corpo de jurados é composto pelo ator Fagner Coelho; a socióloga Maísa Arruda; o ator, diretor e produtor Michel Guerreiro; o cantor e compositor Robson Júnior; e o blogueiro e crítico cultural Sinny Lopes.

Em seus últimos ensaios e preparativos, a quadrilha tradicional ‘Festança na Roça’ se prepara para a apresentação no dia 16/8, com o tema “Luiz e Nazinha, uma história de amor no Sertão”. De acordo com o presidente Aldenor Saraiva, o grupo existe há 23 anos e já acumula sete títulos do Festival Folclórico do Amazonas, e, neste ano, o grande homenageado será o Rei do Baião, Luiz Gongaza.

“Trata-se da história sobre o primeiro amor de Luiz Gonzaga. Preparamos essa homenagem montando um repertório com muito carinho e conseguimos criar um começo, meio e fim emocionante. É uma forma também de lembrar sobre a importância do primeiro amor na vida das pessoas, enfatizar que não precisamos pular etapas”, disse Saraiva.

Os horários e a programação completa podem ser consultados no Portal Viva Manaus, pelo link https://vivamanaus.com/63o-festival-folclorico-do-amazonas-programacao.

Feira Gastronômica

Selecionada por meio do edital nº 005/2019, da Prefeitura de Manaus, a  ‘Rota dos Chefs’ deverá gerenciar as 30 barracas que irão compor a feira gastronômica do festival, operando com a venda de comidas e bebidas. As barracas ficarão localizadas próximas à arquibancada do anfiteatro e funcionarão durante todo o evento, iniciando a venda de produtos às 17h, com preços variando entre R$ 5 a R$ 15. No cardápio do festival, estarão comidas regionais e típicas dos festejos, como bobó de camarão, carne de sol, tacacá, farofa de camarão, milho cozido, pamonha, cachorro quente, batata frita, sanduíches, pizza, entre outros pratos.