Sábado - Manaus - 22 de fevereiro de 2020 - 03:47

MANAUS-AM
SANTA ISABEL DO RIO NEGRO

Adolescente de 17 anos mata pedreiro em discussão por dívidas

Após saber do falecimento do filho, o pai de José, que já apresentava problemas de saúde, também faleceu

CARLA ALBUQUERQUE

Publicado em 14 de fevereiro - 11:39

O suspeito pelo crime será transferido, nesta sexta-feira, 14/2, para uma unidade de cumprimento socioeducativo em Manaus. 

Foto: Divulgação

O pedreiro José Claudio Felipe Borba, 42, morreu na manhã desta sexta-feira, 14/2, em Santa Isabel do Rio Negro (a 631 quilômetros de Manaus) após ser atingido a facadas, no último domingo, 9/2. De acordo com o delegado da 76º Delegacia Interativa de Polícia (DIP) Aldiney de Brito, depois saber da morte do filho, o pai da vítima, um idoso de idade não informada, faleceu de causas naturais. O suspeito pelo crime, um adolescente de 17 anos, foi apreendido.

Conforme o delegado, o crime foi motivado por conta de uma dívida. O pedreiro ainda chegou a informar à polícia que devia ao adolescente, mas já o havia pago. No último domingo, o suspeito encontrou a vítima e o esfaqueou. Após o crime, o jovem, que já possui dez boletins de atos infracionais, conseguiu fugir.

Após a comunicação do crime, o delegado solicitou o mandado de busca e apreensão do adolescente. A ordem foi expedida e cumprida, na última quinta-feira, 13/2. Com a apreensão, o jovem confessou a pratica do crime. Ele foi autuado, à princípio, pelo ato infracional análogo a tentativa de homicídio, mas com a morte de José, a autuação foi convertida para homicídio.

De acordo com o delegado, após saber do falecimento do filho, o pai de José, que já apresentava problemas de saúde, também faleceu. O suspeito pelo crime será transferido, nesta sexta-feira, 14/2, para uma unidade de cumprimento socioeducativo em Manaus.