Sábado - Manaus - 22 de fevereiro de 2020 - 04:16

MANAUS-AM

Número de presos no Amazonas é três vezes maior que a capacidade dos presídios

Enquanto a capacidade é de 3.581 vagas, o Estado possui 11 mil presos


ADNEISON SEVERIANO

Publicado em 14 de fevereiro - 17:15

A maioria dos presos do Amazonas está na faixa etária de 18 a 24 anos. Esse grupo corresponde a 27,4%.

Foto: Divulgação

O Amazonas tem mais de 11 mil presos em unidades prisionais e nas carceragens das delegacias, que abrigam três vezes a mais presos do que a capacidade. O levantamento da população carcerária corresponde ao balanço até junho de 2019 e foi divulgado nesta sexta-feira, 14/2, pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen), órgão ligado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Do total de presos mantidos em unidades prisionais no Estado, 98,4% são homens. Dentre as modalidades de regime de encarceramento o provisório concentra maior parte, 36,3% dos presos são provisórios, ou seja, ainda não foram julgados. A maioria dos presos do Amazonas está na faixa etária de 18 a 24 anos. Esse grupo corresponde a 27,4%.

Total de presos sem condenação: 4.335 presos 
Total de regime fechado: 2.243 presos 
Total de regime semiaberto: 2.611 presos 
Total regime aberto: 1.498 presos 

Superlotação

O Amazonas tem 19 estabelecimentos penais, sendo nove unidades masculinas, três femininas e sete mistas (homens e mulheres), de acordo com relatório do Depen. Porém, as unidades estão superlotadas. Enquanto a capacidade é de 3.581 vagas, o sistema penitenciário amazonense tem mais vezes presos acima da capacidade. 

Capacidade de unidades prisionais masculinas: 3.262 presos
Capacidade de unidades prisionais femininas: 319 presas

O Brasil tem mais de 773 mil presos em unidades prisionais e nas carceragens das delegacias. O número total de presos nas unidades carcerárias do país soma 758.676, a maioria, 348.371, no regime fechado, quase a metade do total de detentos, 45,92%.