Quinta-feira - Manaus - 17 de janeiro de 2019 - 13:09

BRASIL

Bancada do Amazonas apoiará Rodrigo Maia para presidência da Câmara dos Deputados

Maioria dos deputados federais sinalizam votos a deputado apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 10 de janeiro - 08:28

Zé Ricardo foi o único que disse que se manterá na oposição

Foto: Agência Câmara

Faltando pouco menos de um mês para a eleição do novo presidente da Câmara dos Deputados, a bancada do Amazonas, em sua maioria, marchará com Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente que busca a reeleição, com apoio do presidente Jair Bolsonaro e dos filhos, o deputado federal Eduardo Bolsonaro e do senador Flávio Bolsonaro. 

Entre os parlamentares que desejam a recondução de Maia ao comando da mesa diretora da Casa, estão Bosco Saraiva (SD) e Marcelo Ramos (PR). Já o deputado federal José Ricardo (PT), afirma que se manterá na oposição. 

“O debate será em nível partidário. Eu defendo uma candidatura unificada de um bloco de oposição formado com partidos como o PT, PSOL, PSB, PCdoB e PDT à presidência da Câmara dos Deputados”, disse ele à reportagem do Em Tempo.

Marcelo Ramos disse que fez a escolha por Maia em virtude da votação do projeto da Sudam, que garantiu incentivos para as empresa instaladas no Amazonas. “Meu voto está definido porque ele foi o primeiro que demonstrou compromisso real com a Zona Franca de Manaus (ZFM). Foi por meio de um pedido meu que ele colocou em votação a lei que renovou os incentivos da Sudam. O segundo motivo, é o fato dele ser moderado. Nós precisaremos de moderação numa câmara com muitos extremistas dos dois lados. E o terceiro motivo, é que ele tem compromisso com as reformas, em especial a da previdência, que o país precisa para voltar a crescer”, explicou.

Também sem indícios de mudanças de voto, está Bosco Saraiva, que afirmou caminhar com o que o partido Solidariedade decidir. “Meu partido se reuniu e decidiu pelo voto no Rodrigo Maia, ainda no mês de novembro”, disse.

O delegado Pablo (PSL), único amazonense eleito pela sigla do presidente Bolsonaro, não confirmou em quem irá votar, mas deu indícios de que deve seguir o pensamento da sigla. Ele, que já foi procurado pelo próprio Maia, Fabio Ramalho (MDB-MG) e Capitão Augusto (PR-SP), informa que ainda está aguardando a finalização das candidaturas. 

“Ainda não decidi o voto, mas com certeza vou apoiar aquele que melhor se coadunar com as ideias do partido PSL e do presidente Bolsonaro”, informou.

Alberto Neto (PRB) disse que ainda está analisando os nomes, mas, como a sigla dele já sinalizou apoio à reeleição de Maia, ele deve optar em caminhar no mesmo rumo. O mesmo deve acontecer com Silas Câmara (PRB), companheiro de legenda.

Sidney Leite (PSD) não quis falar sobre o assunto e Átila Lins (PP) não foi encontrado.

Disputarão a vaga com Rodrigo Maia, João Campos (PRB-GO), JHC (PSB-AL), Alceu Moreira (MDB-RS), Capitão Augusto (PR-SP) e Fábio Ramalho (MDB-MG). Com informações do Em Tempo.