Sábado - Manaus - 14 de dezembro de 2019 - 15:57

BRASIL

Depois de afagar China, Bolsonaro recebe Huawei

A agenda, de acordo com assessores presidenciais, foi solicitada pela empresa chinesa, que está de olho no mercado brasileiro

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 17 de novembro - 09:26

A expectativa é que assuntos como a tecnologia 5G esteja na pauta.

Foto: Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro recebe nesta segunda-feira (18) o presidente-executivo da Huawei no Brasil, Wei Yao. O encontro acontece dias após reunião com líder chinês, Xi Jinping, durante encontro do Brics.

A agenda, de acordo com assessores presidenciais, foi solicitada pela empresa chinesa, que está de olho no mercado brasileiro em meio a uma guerra comercial entre o país asiático e os Estados Unidos sobre tecnologia.

O ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes deve participar do encontro, na tarde de segunda no Palácio do Planalto, em Brasília.

A expectativa é que assuntos como a tecnologia 5G esteja na pauta. O tema está no centro da disputa entre EUA e China, e o governo brasileiro tenta se manter neutro na guerra entre os dois gigantes.

Em Pequim, em visita oficial realizada em outubro, disse que o Brasil vai aguardar a melhor oferta no leilão da tecnologia 5G e que não se posicionará agora sobre a disputa.

A Huawei é a detentora da tecnologia e foi tema de conversa reservada entre o presidente brasileiro e Donald Trump, dos EUA. A afirmação foi feita pelo próprio Bolsonaro durante visita na China.

Os EUA têm feito campanha aberta contra a gigante chinesa. O país impôs sanções à Huawei, alegando que a companhia representa um risco à segurança nacional.