Sexta-feira - Manaus - 30 de outubro de 2020 - 03:10

MANAUS-AM

Policiais morrem em emboscada e reforço é enviado à Nova Olinda, no interior do AM

Equipes da COE e do Batalhão Ambiental da Polícia Militar foram alvos de um ataque no Rio Abacaxis. O secretário de segurança pública, coronel Louismar Bonates, determinou a adoção de todas as medidas para o resgate dos militares.

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 3 de agosto - 21:51

Os policiais que foram feridos receberam atendimento médico e serão trazidos para Manaus

Foto: Divulgação

Um reforço de 30 policiais foi enviado, nesta terça-feira, 4/8, para a área de conflito em Nova Olinda do Norte (a 134 quilômetros de Manaus). A localidade, que concentra grandes plantios de maconha e área de garimpo, registrou, na noite desta segunda-feira, 3/8, a morte de dois policiais militares e a tentativa de homicídio de outros dois. Informações da Polícia Militar (PM) indicam que o grupo foi vítima de uma emboscada. 

O crime foi registado entre as regiões dos rios Abacaxis e Paraconi, que já foi alvo de grandes operações pelo combate ao tráfico de drogas. Conforme a Polícia Militar (PM) A equipe composta pelo cabo Márcio Souza, sargento Wagner Souza, tenente Anderson Molaz e Cabo Rocha estava na localidade desde o último domingo.

Eles foram para a área depois de o secretário executivo do Fundo de Promoção Social do Estado (FPS), Saulo Moyses Rezende da Costa, ser atingido com um tiro, no último dia 24/7, enquanto praticava pesca esportiva. E acordo com a SSP, o secretário estava junto com um grupo de amigos, quando foi surpreendido com tiros disparados por criminosos que tentam dominar a área.

O tiroteio 

Conforme a PM, os policiais estavam realizando uma série de incursões na localidade na tentativa de localizar e prender os suspeitos de terem atirado no secretário. Mas a principal suspeita é de que os criminosos identificaram a presença da equipe e montaram uma emboscada. 

Os policiais foram surpreendidos no rio Abacaxis. De acordo com a PM, após serem atacados, a equipe ainda reagiu, mas acabou sendo atingida. O cabo Souza e o sargento Wagner não resistiram e morreram. Já o tenente e o cabo receberam atendimento médico e passam bem. 

Logo após comunicado do confronto, a SSP enviou reforço de 30 policiais ao município. A equipe é composta por 13 policiais do Comando de Operações Especiais (COE), quatro da Companhia de Cães, dois do Corpo de Bombeiros, dois do Hospital da PM, oito do Fera da Polícia Civil, e um da Seaop. 

Reforço já foi enviado ao interior 

Foto: Divulgação

Luto

A Associação das Praças da Polícia e Bombeiros Militares do Amazonas (Appbmam) emitiu, na noite desta segunda-feira (3), notas de pesar pela morte de policiais militares que foram atacados em um confronto com traficantes em Nova Olinda do Norte (a 135 quilômetros de Manaus).

Nas redes sociais a Appbmam lamentou as perdas e cobrou providências. "Esta entidade expressa suas condolências às família e amigos neste momento de dor e lamenta a perda de mais dois irmãos de farda. Exigimos que medidas sejam tomadas pelas autoridades policiais e o sistema judiciário, que se faça Justiça", disse o comunicado.