Domingo - Manaus - 8 de dezembro de 2019 - 02:38

MANAUS-AM

Em cinco meses, 148 motoristas tiveram CNH suspensa em Manaus

Desse total, 56 deles por atingirem os 20 pontos e 76 por não utilizarem o capacete

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 17 de julho - 08:17

Durante fiscalizações, 1.856 veículos foram recolhidos, sendo 1.418 motocicletas e 438 carros

Nos seis primeiros meses de 2019, 148 condutores do Amazonas tiveram Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) suspensas por irregularidades ao volante em Manaus. Desse total, 56 deles por atingirem os 20 pontos e 76 por não utilizarem o capacete. Os dados são do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM).

O levantamento do órgão aponta, ainda, que 16 condutores tiveram suas CNHs suspensas após serem flagrados dirigindo sob efeito de álcool.

Para conter irregularidades, o Detran diz que ações são realizadas pelo Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot) do Detran-AM, em parceria com instituições como o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTran), Polícia Civil e o Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), além de ações integradas com a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).

Durante essas fiscalizações, 1.856 veículos foram recolhidos, sendo 1.418 motocicletas e 438 carros. Um crescimento de 98% em relação ao mesmo período do ano passado quando foram recolhidos 937 veículos.

Lei Seca

De acordo com o CTB, a penalidade para quem dirige embriagado é de R$ 2.934,70, além da suspensão do direito de dirigir por 12 meses. Se o condutor cometer a mesma infração dentro de 12 meses, o valor da multa será dobrado