Quinta-feira - Manaus - 18 de abril de 2019 - 12:30

MUNDO

Granada da I Guerra Mundial é encontrada em carregamento de batatas francesas

O artefato tinha oito centímetros de largura e pesava um quilo.

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 3 de fevereiro - 10:45

O artefato, encontrado no sábado na fábrica da Calbee Snacks, foi neutralizado sem problemas.

Foto: Divulgação

Uma granada de mão alemã da Primeira Guerra Mundial foi descoberta em um carregamento de batatas importadas da França para uma fábrica de batatas fritas de Hong Kong, informou a polícia local. 

O artefato, encontrado no sábado na fábrica da Calbee Snacks, foi neutralizado sem problemas.

"A granada estava em um estado instável, uma vez que foi ativada, mas não explodiu", disse o comissário Wilfred Wong Ho-hon a repórteres.

A polícia transmitiu um vídeo em que agentes transportam a granada para um buraco antes de explodi-la.

O artefato tinha oito centímetros de largura e pesava um quilo.

A polícia não especificou a origem geográfica exata do carregamento de batatas.

Segundo vários historiadores, a granada teria sido abandonada em uma trincheira durante a Primeira Guerra Mundial. A área teria se transformado em uma plantação de batatas e a bomba posteriormente coletada junto com os tubérculos.

"Se estivesse coberta de lama, provavelmente foi abandonada pelos soldados durante a guerra", disse Dave Macri, especialista em história militar da Universidade de Hong Kong, ao South China Morning Post. "Então eles cobriram a trincheira, que acabou se tornando uma plantação".

Não é a primeira vez que a polícia da ex-colônia britânica encontra munição antiga, mas geralmente são bombas americanas lançadas no território, nas mãos dos japoneses durante a Segunda Guerra Mundial.