Terça-feira - Manaus - 20 de novembro de 2018 - 16:31

MUNDO

Japão vai investigar gigantes da internet em 2019

Autoridades japonesas querem saber se empresas como Google e Amazon usaram suas posições líderes de mercado para explorar outras empresas

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 1 de novembro - 08:27

O anúncio da investigação acontece no momento em que a União Europeia adota medidas contra os grupos tecnológicos americanos

Foto: AFP

As autoridades japonesas de concorrência anunciaram nesta quinta-feira, 1º/11, que investigarão se gigantes da internet, como Google e Amazon, usam suas posições líderes de mercado para explorar outras empresas ou prejudicar a concorrência.

Em uma entrevista ao jornal Mainichi Shimbun, o presidente da Japan Fair Trade Commission (JFTC) afirmou que a investigação acontecerá em 2019.

"Investigaremos se os gerentes de plataformas obstruem a inovação tecnológica das empresas japonesas", disse Kazuyuki Sugimoto.

A investigação "examinará se o armazenamento de dados de clientes impede a entrada no mercado de novos jogadores, ou se suas posições dominantes no mercado obrigam os sócios a reduzir seus preços".

Os "gerentes de plataformas" são os gigantes de tecnologia que dominam seus respectivos setores, como as empresas identificadas como GAFA (Google, Apple, Facebook, Amazon).

A decisão das autoridades de concorrência japonesas foi anunciada no momento em que a União Europeia (UE) adota medidas contra os grupos tecnológicos americanos.

No início do ano, a UE determinou uma multa recorde de 4,34 bilhões de euros ao Google, que acusa de abusar da posição dominante do Android, seu sistema operacional gratuito para smartphones, com o objetivo de promover sua ferramenta de busca.