Quarta-feira - Manaus - 19 de dezembro de 2018 - 05:28

MANAUS-AM

Morte de agente e clima de instabilidade faz Seap cancelar visitas nos presídios no AM

A secretaria proibiu ainda, a entrada de alimentos e qualquer material nas unidades

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 6 de dezembro - 08:25

A "revolta" dos detentos foi despertada após a notificação de que visitantes estavam sendo detectados na tentativa de entrar com drogas no presídio

Foto: Divulgação

Pedroso de Jesus - Da Redação

Depois da morte brutal de um agente penitenciário e por conta do clima de instabilidade nas unidades prisionais do Amazonas, a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) suspendeu as visitas em todos os presídios do Estado. A secretaria proibiu ainda, a entrada de alimentos e qualquer material nas unidades. 

A portaria assinada pelo secretário da Seap Cleitman Coelho tem a data desta quarta-feira, 5/11. Em todas as unidades as visitas estão suspensas na sexta, 7/11; sábado 8/11; e domingo, 9/11. No regime fechado do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), onde o agente penitenciário foi morto, as visitas estão suspensas por 15 dias. A vedação pode ser prorrogada por mais 15 dias uma única vez. 

No dia 1º deste mês, o agente de disciplina Alexandro Rodrigues Galvão, foi morto por detentos do Compaj. Ele foi ferido por golpes de uma faca artesanal em um princípio de rebelião de detentos.  Alexandro foi esfaqueado por detentos do Pavilhão 3 do Compaj, do regime fechado. Há quase dois anos, o Compaj foi palco do maior massacre do sistema prisional do Amazonas. 

O agente levou vários golpes de uma faca artesanal e foi encaminhado ao Hospital e Pronto Socorro Delphina Rinaldi Abdel Aziz, na Zona Norte de Manaus onde morreu. Um dos golpes foi no pescoço.

Ainda de acordo com o secretário de administração, a "revolta" dos detentos foi despertada após a notificação de que visitantes estavam sendo detectados na tentativa de entrar com drogas no presídio.

No momento da ação, mais de 100 visitantes já estavam dentro do presídio. Sábado é dia de visitas nas instituições do Amazonas. Outro grupo, que tentava entrar para visitar detentos passou por pânico quando foi "expulso" por agentes que foram acionados no momento da ocorrência.