Segunda-feira - Manaus - 18 de novembro de 2019 - 10:27

MANAUS-AM

Obras do programa ‘Requalifica’ começam com quatro frentes em diferentes zonas da cidade

Serão investidos R$ 51 milhões, na primeira etapa, para recuperar 168 vias em todas as zonas da cidade com recapeamento completo

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 13 de mai - 14:29

A primeira fase do “Requalifica” foi planejada pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), contemplando quatro macrozonas

Foto: Divulgação

Quatro áreas da cidade já estão ocupadas com homens e máquinas para a realização das obras em infraestrutura viária do programa “Requalifica” da Prefeitura de Manaus, que vai investir R$ 51 milhões, na primeira etapa, para recuperar 168 vias em todas as zonas da cidade com recapeamento completo. Nesta segunda-feira, 13/5, o prefeito Arthur Virgílio Neto acompanhou o início dos serviços na rua Marquês da Silveira, no bairro Petrópolis, zona Sul. Outras frentes também atuam no Alvorada, zona Oeste; Santa Etelvina, zona Norte; e Grande Vitória, na zona Leste.

“É o pontapé inicial das nossas obras de verão, porque devemos investir, ao todo, algo acima de R$ 600 milhões em recapeamento. Neste momento, estamos com gente trabalhando no Petrópolis, Alvorada, Santa Etelvina e no Grande Vitória. E temos sucessivas licitações sendo feitas para ampliar essas frentes, além do Corredor Ecológico do Mindu avançando e, nos próximos dias, começaremos as obras do Distrito Industrial. Enfim, que este verão seja muito feliz”, disse o prefeito. 

A primeira fase do “Requalifica” foi planejada pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), contemplando quatro macrozonase deverá alcançar aproximadamente 90 quilômetros de completa requalificação da malha viária na cidade. Os quatro lotes contemplam as zonas Oeste e Centro-Oeste (lote 1), com 50 vias nos bairros; Norte (lote 2) com 54 vias, Leste (lote 3) com 38 vias, e Sul e Centro-Sul, com 26 vias. 

A Prefeitura de Manaus pretende ampliar as quatro frentes de trabalho para oito, em pleno verão, e trabalhar em ritmo forte, nos três turnos. “A vantagem de ter os recursos em caixa é que as construtoras podem trabalhar em três turnos, porque sabem que o pagamento vai ser feito rapidamente”, afirmou o prefeito Arthur Neto. “A prefeitura, com seus programas de obras, é o maior gerador de empregos na cidade, depois do Polo Industrial de Manaus”, completou.  

Processo Seletivo

Para garantir o ritmo das obras que estão sendo realizadas, a prefeitura vai contratar trabalhadores, por meio do Processo Seletivo Simplificado (PSS) da Seminf, que abriu as inscrições para vagas de engenheiro e topógrafo nesta segunda-feira. 

As inscrições podem ser efetuadas até às 23h59 do dia 17 de maio, por meio do endereço eletrônico http://pss.manaus.am.gov.br. Um banner, que direciona para o site de inscrição, também está disponível no portal da Prefeitura de Manaus e na página da Seminf. Todo o processo é feito de forma on-line e gratuita. Ao todo, 13 vagas são oferecidas, com contratação de 12 meses de atuação e início ainda neste primeiro semestre. As remunerações serão de R$ 8.586 para engenheiro e R$ 1.779,70 para topógrafo.