Sábado - Manaus - 22 de fevereiro de 2020 - 04:02

MANAUS-AM

PL propõe semáforos com sinais sonoros para facilitar travessia de deficientes visuais

De acordo com a proposta, a instalação desses semáforos deverá ser feita com prioridade nos locais de grande movimentação de pedestres como em frente a escolas, shopping centers, supermercados, prontos-socorros, feiras, bancos e avenidas

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 28 de janeiro - 14:24

Os semáforos deverão possuir botão que permita ao pedestre solicitar a parada dos carros para a travessia segura.

Foto: Divulgação

Tramita na Câmara Municipal de Manaus (CMM) um projeto de lei que  propõe a instalação de semáforos com sinais sonoros na cidade de Manaus. A proposta é de autoria do vereador Isaac Tayah (DC). O objetivo é facilitar a travessia de pessoas portadoras de deficiência visual e também evitar acidentes e atropelamentos. O projeto está em análise na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR). 

O projeto prevê que o poder público quando for instalar ou substituir semáforos, deverá instalar equipamentos que emitam sinais sonoros suaves, intermitentes e sem estridência, que sirva de guia ou orientação para a travessia de pedestres, principalmente os portadores de deficiência visual. 

"A instalação de semáforos de trânsito com sinais sonoros será feita a partir da necessidade de troca dos atuais semáforos, acompanhados também da pintura de faixa para travessia de pedestres e iluminação adequada para a melhor visualização dos motoristas no período noturno", explica Isaac Tayah. 

A instalação desses semáforos deverá ser feita com prioridade nos locais de grande movimentação de pedestres como em frente a escolas, shopping centers, supermercados, prontos-socorros, feiras, bancos e avenidas que não possuam passarelas para travessia de pedestres. 

Os semáforos deverão possuir botão que permita ao pedestre solicitar a parada dos carros para a travessia segura. Os semáforos deverão emitir dois tipos de sinais sonoros, um indicando o momento de travessia e outro de espera. 

O projeto também prevê que deverá ser realizada uma campanha educativa destinada à população em geral informando tanto como os pedestres quanto os motoristas devem