Domingo - Manaus - 15 de setembro de 2019 - 22:42

MANAUS-AM

Polícia prende venezuelano que pilotava aeronave com armas e munições em Barcelos

Foi apreendido um hidroavião, uma arma de fogo ponto 22, com 300 munições, uma arma de fogo calibre 20, 26 munições de mesmo calibre, e um rádio comunicador

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 21 de agosto - 12:55

Francisco foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e munições de uso permitido

Fotos: SSP

A equipe de investigação da 75ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), situada em Barcelos, coordenada pelo delegado Roger Makimoto, titular da unidade policial, em ação conjunta com a Polícia Federal e policiais militares lotados naquele município, prenderam em flagrante, na tarde de terça-feira (20/8), por volta das 17h, o venezuelano Francisco Gonzales Moreno, 45. 

Na ação policial foi apreendida uma aeronave do tipo hidroavião, que estava irregular, uma arma de fogo ponto 22, com mais de 300 munições de mesmo calibre, uma arma de fogo calibre 20, 26 munições de mesmo calibre, e um rádio comunicador.

De acordo com a autoridade policial, a abordagem ao infrator foi realizada após a aeronave realizar um pouso forçado no rio Unini, nas proximidades de Barcelos, município distante 399 quilômetros em linha reta da capital. Segundo o delegado, as irregularidades foram constatadas no momento em que Francisco pediu ajuda para resolver o problema do hidroavião, que havia saído de Manaus com destino a Barcelos, provavelmente, para buscar uma carga de drogas no município e depois fazer o transporte e distribuição do material entorpecente para outras cidades.

“Ao encontrarmos as armas e as munições no interior da aeronave, imediatamente demos voz de prisão à Francisco, que foi conduzido ao prédio da 75ª DIP. Todo o material foi apreendido e levado a Barcelos, bem como a aeronave, que foi rebocada até a cidade. O venezuelano não estava habilitado para pilotar. Ressalto, ainda, que as investigações irão continuar até identificarmos os outros envolvidos na ação criminosa”, disse Makimoto.

Flagrante 

Francisco foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e munições de uso permitido. Ao término dos procedimentos cabíveis, ele irá permanecer na carceragem da 75ª DIP, que funciona como unidade prisional em Barcelos.  

O venezuelano não estava habilitado para pilotar

Foto: Divulgação