Quinta-feira - Manaus - 21 de janeiro de 2021 - 17:01

MANAUS-AM

Preso um dos suspeitos envolvidos na morte de capitão da PM

O homem foi detido por policiais da Força Tática com apoio da Secretaria Adjunta de Operações (Seaop) no porto do Educandos

CARLA ALBUQUERQUE

Publicado em 14 de janeiro - 08:33

Após a prisão, de acordo com a FT, José confirmou ter participado do crime

Foto: Reprodução

Um homem identificado como José Crisderson Sousa da Silva, 37, suspeito de envolvimento no roubo que resultou na morte do capitão da Polícia Militar (PM) Deivide Chaves, ocorrido na noite de terça-feira, 12/1, foi preso nesta quarta-feira, 13/1. O homem foi detido por policiais da Força Tática com apoio da Secretaria Adjunta de Operações (Seaop) no porto do Educandos, quando tentava pegar uma embarcação para fugir de Manaus.  

A Força Tática informou que chegou ao suspeito por volta das 17h, após uma denúncia. As informações indicavam que o suspeito envolvido no latrocínio estava nas proximidades da Feira da Panair. Os policiais foram ao local e conseguiram localizar e prender o suspeito. 

Após a prisão, de acordo com a FT, José confirmou ter participado do crime. O homem informou que foi o responsável por dirigir o carro modelo Táxi. Disse, ainda, que os outros dois suspeitos pelo crimes eram conhecidos pelos apelidos de 'Macaco' e 'Mike'. A dupla segue foragida. 

José foi encaminhado à Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) que investiga o caso. Na unidade, de acordo com a FT, o suspeito foi autuado pelo crime de latrocínio ( roubo seguido de morte). 
Morte 

O capitão da PM, Deivide Chaves morreu na noite da última terça-feira, após ser atingido com um tiro no abdome. Ele foi baleado durante um assalto, enquanto fazia caminhada com um cachorro, no Conjunto Castanheiras, na zona Leste de Manaus. O roubo foi filmado por câmeras de vigilância.