Sábado - Manaus - 15 de agosto de 2020 - 01:42

MANAUS-AM

ANS suspende venda de novos planos de saúde da Unimed Manaus

O motivo foram reclamações recebidas a respeito do serviço desses planos

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 30 de novembro

Reclamações fizeram ANS suspender venda de novos planos de saúde da Unimed Manaus.

Foto: Divulgação

Manaus - A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) anunciou, nesta quinta-feira (30), que suspendeu a venda de quatro planos da Unimed Manaus e outros 27 planos de nove operadoras em todo o Brasil. O motivo foram reclamações recebidas a respeito do serviço desses planos.

Em Manaus, os planos suspensos da Unimed têm 70 mil beneficiários. São 29.615 no plano de ambulatório e hospital com obstetrícia (Enfermaria sem Franquia e Sem Co-Participação; 11.288 no Unimed Coletivo Nacional - Enfermaria com Obstetrícia; 4.162 no Unimed Coletivo Nacional - Apartamento com Obstetrícia e 25.108 no Plano Referência Individual Familiar Coletivo Para Adesão. 

Para conseguir voltar a vender os planos, a Unimed Manaus precisa comprovar à ANS que houve melhoria nos serviços. 

"A ANS monitora as reclamações registradas pelos beneficiários e, a cada três meses, identifica as operadoras e planos com maior número de reclamações assistenciais, tendo em conta o número de beneficiários e a segmentação assistencial", explicou em nota a diretora de Normas e Habilitação dos Produtos da ANS, Karla Coelho.

Ao todo no Brasil, os planos que tiveram as vendas suspensas têm, somados, mais de 167 mil beneficiários, que continuam segurados. Segundo a ANS, entre as reclamações que levaram à suspensão das vendas estão negativas e demora no atendimento. As queixas foram registradas no terceiro trimestre deste ano.