Quarta-feira - Manaus - 22 de mai de 2019 - 17:53

MANAUS-AM

Veículos usados por mototaxistas são mais de 80% das apreensões realizadas pela SMTU

Em 2018, 512 motos que realizavam transporte clandestino foram recolhidas ao parqueamento do órgão municipal

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 15 de março - 16:00

Em 2016, a prefeitura de Manaus lançou edital para regularizar 1.635 mototaxistas para atuarem na capital.

Foto: Divulgação

As motos usadas por mototaxistas são 86% das apreensões de veículos pela Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) em 2018. A facilidade em exercer a profissão de forma clandestina e proliferação de mototaxistas em todos os bairros de Manaus está diretamente relacionada a esse percentual.

No ano passado, 512 motos foram apreendidas pela SMTU devido o exercício irregular a atividade de transporte de passageiros por mototaxistas. Com as apreensões, a SMTU afirma que está zelando pelo transporte seguro de passageiros, pois o órgão fiscalizador cobra dos mototaxistas a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) Categoria A e Curso de Especialização em Mototáxi, dentre outras exigências. Em 2016, a prefeitura de Manaus lançou edital para regularizar 1.635 mototaxistas para atuarem na capital.

Ainda em 2018, outros 60 micro-ônibus foram apreendidos atuando como veículos do transporte executivo ou alternativo. Outros 19 carros foram apreendidos porque eram fretados por passageiros sem a devida autorização.

Todos os veículos apreendidos são encaminhados ao parqueamento, no Santa Etelvina, zona Norte, e ficam no aguardo do pagamento de multa, que, para mototáxis, custa R$ 1.526,70, acrescida de diária de R$ 40,72, e remoção com guincho, no valor de  R$ 122,13. Para pickups, esses valores correspondem à multa R$1.017,80 e diária no valor de R$ 81,42.